Menu
37 ANOS
AO SERVIÇO DA FORMAÇÃO

CURSO LABORAL

Ventilação - Tratamento e Higiene do Ar Ambiente nos Locais de Permanência e de Trabalho

INTRODUÇÃO

Captar as partículas sólidas em suspensão no ar e dirigi-las para um aparelho separador, que com maior ou menor eficiência, assegurará a separação AR-POEIRAS, retendo as poeiras e libertando o ar é a única forma de assegurar o Tratamento e Higiene do Ar Ambiente nos Locais de Trabalho. A deslocação forçada das poeiras é efectuada por um ventilador através das condutas de transporte. Para ser eficaz, uma instalação de captação necessita da determinação correcta de diversos parâmetros (velocidade de captação dos poluentes, caudal, velocidades de captação e de transporte, etc.) que são directamente dependentes das características da poluição do posto de trabalho.

OBJETIVOS

No final do Curso, os Formandos deverão ser capazes de:
  • Distinguir os diferentes tipos de poluentes nocivos (poeiras) que se libertam nos diferentes postos de trabalho das diversas indústrias, nomeadamente, na indústria da madeira, na indústria metalúrgica 
  • e metalomecânica, nas indústrias químicas, e outras.
  • Seleccionar o separador mais adequado ao tipo de poeira e às suas características físicas, nomeadamente, granulometria, higroscopia, electrização, temperatura, etc.
  • Avaliar as velocidades adequadas para a sua captação no local da sua formação e o seu transporte através da respectiva conduta.
  • Cálculo simplificado de sistemas de aspiração.

PROGRAMA

1- Generalidades
   1.1- Protecção individual
   1.2- Protecção geral
   1.3- As poeiras
      1.3.1-Os perigos causados pelas poeiras
      1.3.2- Dispersão das poeiras
      1.3.3- Medição das poeiras
      1.3.4- Remoção das poeiras
      1.3.5- Concentrações máximas toleráveis
 
2- Ventiladores
   2.1- Generalidades
   2.2- Família de ventiladores
   2.3- Tipos de ventiladores
   2.4- Escolha do ventilador
 
3- Separadores
   3.1- Alguns tipos de separadores
   3.2- Escolha do tipo de separador
   3.3- Factor que podem influenciar a escolha de um separador
   3.4- Características de diferentes tipos de separadores
   3.5- Separadores por gravidade
   3.6- Separadores centrífugos a seco
      3.6.1- Ciclones
      3.6.2-Multiciclones
   3.7- Separadores de mangas/cartucho
      3.7.1- Limpeza manual
      3.7.2- Limpeza semi automática
      3.7.3- Limpeza automática
   3.8- Separadores húmidos
   3.9- Separadores electrostáticos
   3.10- Separadores compactos
 
4- As condutas
   4.1- Limpeza das condutas
   4.2- Execução dos troços rectos
   4.3- Execução das curvas
   4.4- Processos de fabrico
 
5- Acessórios
   5.1- Válvulas
   5.2- Reservatórios para a recolha de poeiras
   5.3- Terminais de saída para o exterior
   5.4- Dispositivos para alteração de velocidades e perdas de carga nos ramais de um sistema de aspiração
 
6- A captação de partículas nalgumas indústrias
   6.1- Indústria da madeira
   6.2- Indústria da fundição
   6.3- Indústrias químicas
   6.4- Limpeza e acabamento de peças
   6.5- Oficinas de pintura e de envernizamento
 
7- Cálculo simplificado de sistemas de aspiração
   7.1-Generalidades
   7.2- Caminho a seguir para o cálculo de uma instalação de despoeiramento
   7.3- Cálculo de uma instalação de despoeiramento

INTERESSA A

Divisão de Engenharia, Directores Fabris, Responsáveis pela manutenção, Gabinetes de projectos nas áreas das indústrias da madeira, da cortiça, dos cimentos, da cerâmica, do papel e do cartão, dos plásticos, indústria química, metalúrgica e metalomecânica, e outras. Todos os interessados em aprofundar o seu conhecimento neste tema.

MÉTODOS PEDAGÓGICOS

Durante a exposição serão referidos sempre que possível casos práticos específicos das diversas indústrias: O problema a tratar; O Objectivo a atingir; A solução ou soluções a propor.

Partilhe esta informação:

PEDIR MAIS INFORMAÇÃO
2016 © Cenertec - Centro de Energia e Tecnologia
Developed by Inovlancer