36 ANOS
AO SERVIÇO DA FORMAÇÃO

CURSO PÓS-LABORAL

Manutenção Industrial – Uma Abordagem Prática aos Aspectos Essenciais & Equipas de Sucesso para uma Manutenção Zero Erros

Pack 2 Cursos

Leiria, 11, 12, 18, 19, 25 e 26 de Maio de 2018

INTRODUÇÃO

A Manutenção Industrial é uma das áreas da Gestão de Operações que mais contribui para o aumento da eficiência das Empresas. O trabalho das equipas de Manutenção é essencial para o sucesso. Muitas vezes pensa-se que o conhecimento e a experiencia são condições necessárias e suficientes para alcançar o sucesso. No entanto, sem cuidar das equipas, o êxito não é possível. E cuidar das equipas é, na sua essência, cuidar de cada membro, das suas expectativas, dos seus problemas e todas as suas dimensões enquanto ser humano, desde o Diretor até ao mais inexperiente dos aprendizes.
Nestas 24 horas de formação pós-laboral, o CENERTEC propõe 2 cursos que se complementam. No curso 1 – Manutenção Industrial – é feita uma abordagem pratica e expedita ao estado-da-arte da Manutenção, como ela deve ser feita e como gerir as equipas para alcançar o sucesso. No curso 2 – Equipas de Sucesso para uma Manutenção Zero Erros – focam-se as dinâmicas das equipas e como ultrapassar alguns dos problemas que lhes retiram eficiência.
Todos os profissionais de Manutenção sabem e sentem quão difícil é a sua tarefa, e quão solitária e ingrata pode ser. Esta Formação Integrada em Manutenção Industrial pretende dar ferramentas e pistas a estes Profissionais, para que o sucesso seja uma realidade.


Manutenção Industrial  - Uma Abordagem Prática aos Aspectos Essenciais
A Manutenção é uma área chave nas operações industriais e pode contribuir decisivamente para a viabilização económica de muitas empresas. Paradoxalmente, nem sempre é olhada com a importância que têm, muitas vezes pelos próprios profissionais da Manutenção. É comum que aqueles que trabalham na Manutenção,  se sintam esmagados pelas inúmeras solicitações, pelas avarias que não param de surgir ou pela crescente complexidade dos equipamentos. Não é fácil ser gestor de Manutenção e essa dificuldade aparece em muitos países industriais modernos. Esta dificuldade pode tornar difícil perceber quanto a Manutenção pode melhorar a Gestão de Operações nas empresas. É necessária uma mudança cultural, para encarar a Manutenção não como um meio de manter equipamentos, para passar a encará-la como um investimento num sistema organizado de gestão, capaz de garantir o cumprimento das funções dos equipamentos, minimizando o custo do seu ciclo de vida. É uma mudança subtil, mas que faz toda a diferença e, se for correctamente implementada, pode revolucionar o papel da Manutenção e do Gestor de Manutenção.


Equipas de Sucesso para uma Manutenção Zero Erros
Uma das formas inovadoras de ganhar o comprometimento dos colaboradores com os objetivos da organização é através de um ambiente de aprendizagem e desenvolvimento constante. É importante criar nas pessoas uma visão pessoal sobre o conceito de colega ideal que ajude cada colaborador a expandir as suas zonas de conforto e permitir-lhe acolher novos desafios. Ao identificar as características inibidoras do tipo de pessoa que o colaborador quer ser e que intencionalmente trabalha em direção a esse objetivo, o individuo torna-se mais eficaz tanto no local de trabalho como pessoalmente.

OBJETIVOS

Manutenção Industrial  - Uma Abordagem Prática aos Aspectos Essenciais
No final do curso, os Participantes serão capazes de :
  • Organizar a Manutenção nas suas Empresas, de forma simples e prática;
  • Definir um sistema de custeio para apurar o custo de manutenção de cada equipamento;
  • Definir planos de manutenção preventiva uteis e práticos, baseados na função;
  • Desenvolver competências na análise de avarias, de forma a promover a melhoria continua e eliminar as avarias recorrentes;
  • Compreender a importância da Manutenção Condicionada, e como a usar de forma eficaz;
  • Desenvolver competências para avaliar da manutenibilidade dos equipamentos, para poder influenciar a escolha de novos equipamentos e prever o seu custo de manutenção;
  • Organizar e definir as linhas gerais de um Armazém da Manutenção.

Equipas de Sucesso para uma Manutenção Zero Erros
No final do curso, os Participantes serão capazes de :

Compreender os desafios de uma equipa que regem as relações com clientes internos;
  • Identificar processos de comunicação positiva com clientes internos.
  • Identificar uma postura colaborativa nas interaçõesintra e inter departamentais.
  • Compreender as estratégias e os desafios que se colocam às equipas. (ausência de confiança, medo do conflito, Falta de compromisso, Fuga à prestação de contas e desatenção aos resultados.
  • Contemplar ações que potencializem a formação da equipa.
  • Mobilizar de forma ativa a equipa focada nos resultados colectivos de modo a cooperar para a excelência do trabalho em equipa

PROGRAMA

Manutenção Industrial  - Uma Abordagem Prática aos Aspectos Essenciais
Parte I – Introdução

1.1 - Introdução
1.2 - Legislação aplicável
1.3 - Normas Aplicáveis 

Parte II – Como manter as funções dos equipamentos
 
2.1 – Manutenção Preventiva e Condicionada
2.2 – Elaboração de Planos de Manutenção
2.3 – Aspectos Técnicos que Condicionam a Manutenção
  • Mecânica da Fratura;
  • Fadiga
  • Lubrificação
  • Corrosão
  • Soldadura
  • Tratamento de Águas Industriais
  • Eletricidade
  • Contaminação de Fluidos Lubrificantes
2.4 – Operacionalização da Manutenção “Como pôr tudo a andar
  • Codificação de Equipamentos
  • Impressos associados à Manutenção
  • Organização do Trabalho e sua Validação
  • Armazém da Manutenção
  • Cálculo de Fiabilidade
  • Análise de Avarias (registo, FMEA e FMECA)
2.5 – TPM – Total Productive Maintenance
2.6 – RCM – Reliability Centred Maintenance
2.7 – PM – Precision Maintenance
 
Parte III – Como minimizar o custo da vida útil dos equipamentos
 
3.1 – Custos Referentes à Utilização de Equipamentos
3.2 – Orçamentação da Manutenção
3.3 – Avaliação Económica de Grandes Reparações e Substituição de Equipamentos
3.4 – Utilização Racional de Equipamentos
3.5 – Subcontratação de Serviços
3.6 – Indicadores
3.7 – EMMs – Equipamentos de Monitorização e Medição
3.8 – Energia e a Manutenção

Equipas de Sucesso para uma Manutenção Zero Erros
1. Identificar processos de Comunicação positiva
  • Como interagir assertivamente 
  • Princípios da escuta ativa e ser eficaz e eficiente na comunicação.
  • Barreiras ao trabalho em equipa

2. Processo de formação de equipas coesas
  • Fases do desenvolvimento de equipa
  • Criar uma equipa equilibrada
  • Equipas e grupos e qual o seu papel na equipa

3. Trabalhar para o máximo desempenho
  • Tarefas,  subtarefas – Qual o meu papel principal e em que posso ser útil?
  • Os cinco desafios de uma equipa
  • O colega Ideal – Como posso ser, fazer e agir para ser o colega ideal.

INTERESSA A

Todas as pessoas interessadas em aprofundar o seu conhecimento neste tema bem como quadros médios técnicos e superiores que desempenhem ou pretendam vir a desempenhar funções na área na Manutenção e sejam responsáveis por equipas.

MÉTODOS DE EXPOSIÇÃO

  • Apresentação apoiada em apresentações Power-Point
  • Exercícios práticos de ilustração dos assuntos tratados.
  • Metodologia activa, com recurso a brainstorming e exercícios práticos em grupo.

MONITORIA

Pedro Rompante, Eng. e Lurdes Viana Dra.

Eng. Pedro Rompante
Engenheiro Mecânico (Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto).
Mais de 10 anos de experiência em Manutenção Industrial, com destaque para os seguintes aspetos:
  • Análise, planeamento estratégico e operacional das operações de Manutenção preventiva e correctiva;
  • Liderança do projeto de recodificação dos artigos do armazém da Manutenção;
  • Implementação da metodologia RCM para elaboração de planos de manutenção preventiva;
  • Responsável pela análise de avarias e implementação de medidas para prevenir a sua recorrência;
  • Afetação, coordenação e utilização de equipamentos no âmbito da Produção.

Experiência na Gestão de Operações:
  • Seleção, formação e orientação de equipas de operadores;
  • Organização e afetação de recursos para a execução das tarefas produtivas. Análise, planeamento estratégico industrial, definição de planos de ação para investimento;
  • Licenciamento da atividade industrial e dos equipamentos produtivos associados. Elemento de ligação às entidades oficiais, respondendo a dúvidas e prestando esclarecimentos.

Experiencia de Manutenção e Gestão de Operações nas seguintes áreas: Gestão de frotas automóveis; Gestão e tratamento de resíduos; Equipamentos de movimentação de terras e construção de estradas; Centrais térmicas; Sistemas de tratamento de águas e Equipamentos Médicos de Medição.
Exerce funções no SUCH, na área de Segurança e Controlo Técnico, com responsabilidades na Calibração de Equipamentos.
Membro efetivo da OE (Ordem dos Engenheiros).
Membro da ATEHP (Associação dos Técnicos de Engenharia Hospitalar Portugueses).
Membro da APMI (Associação Portuguesa de Manutenção Industrial).
Formador certificado pelo IEFP.
Formador em Manutenção Industrial, com mais de 300 horas de formação efectuadas.
Desde 2014 é Coordenador Técnico da Pós-Graduação em Manutenção Industrial do CENERTEC.

Dra. Lurdes Viana
Desde 1992 que exerce atividade no âmbito de projectos de consultoria e formação profissional no desenvolvimento de soft skills de atendimento, motivação de equipas e técnicas comerciais registando mais de 60.000 horas de treino inter e intra organizacional. Durante 15 anos exerceu paralelamente atividade comercial nas multinacionais Rhône Poulenc, Dyrup e Cecil. Colabora como freelancer a nível do continente, Ilhas e Africa com as mais prestigiadas entidades de formação profissional nas áreas de serviços, restauração e hotelaria. Licenciada em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho, em 2000 iniciou o percurso na investigação com a pós-graduação em Comportamento Organizacional aferindo fatores indutores de stress térmico e o impacto no comportamento não produtivo do trabalhador no tecido industrial português. É doutoranda em Psicologia Social (na Universidade de Santiago de Compostela) exercendo investigação sobre o impacto da formação profissional nas PME's portuguesas nomeadamente o ROI da formação.

LOCAL

EUROSOL HOTEL RESIDENCE
Rua Comissão da Iniciativa, 13
2410-098 Leiria
Portugal


Tel: +351 244 860 460
Fax: +351 244 860 469
E-mailresidence@eurosol.pt


LAT +39° 44' 44.52'
LON -8° 48' 09.87'

HORÁRIO

Estes Cursos, com a duração de 24 horas, funcionará, às Sextas e Sábados, nos seguintes dias do mês de Maio:

11 -  18:30 - 22:30
12 -  09:00 - 13:00
18 -  18:30 - 22:30
19 -  09:00 - 13:00 
25 -  18:30 - 22:30
26 -  09:00 - 13:00

PREÇO

O valor da inscrição do Pack dos 2 Cursos é de € 600 (+23% IVA), pagável ao CENERTEC até à data de realização dos Cursos e inclui: 
 
  • Acesso à Documentação de Apoio
  • Certificados SIGO
  • Coffee-breaks
  • Estacionamento gratuito no Hotel

Partilhe esta informação:

Pedro Rompante, Eng. e Lurdes Viana Dra.

2016 © Cenertec - Centro de Energia e Tecnologia
Developed by Inovlancer