Menu
37 ANOS
AO SERVIÇO DA FORMAÇÃO

CURSO PÓS-LABORAL

Automatismos Industriais

INTRODUÇÃO

Cada vez mais a industria e respectivas máquinas estão repletos de processos que necessitam de um controlo adequado das suas variáveis para que o produto final possua as características de qualidade e performance exigidas para o respectivo produto.
A quantidade e a qualidade da informação necessária para melhorar essa performance dum sistema automático levou a que fossem desenvolvidos mecanismos que privilegiassem uma cada vez mais rápida e fiável troca de informação entre os equipamentos e os sistemas de controlo.
Um elevado conhecimento relativo ao funcionamento dos mecanismos e sistemas automáticos permite uma correcta e eficiente manutenção de modo a que os processos/máquinas estejam sempre disponíveis para funcionar.

OBJETIVOS

No final desta disciplina os participantes serão capazes de:
  • Entender o conceito de automatismo industrial
  • Conhecer as diversas plataformas na automação industrial
  • Saber interpretar e desenhar esquemas eléctricos de potência e de comando
  • Conhecer os princípios de funcionamento dos sensores e actuadores mais comuns utilizados em automação
  • Saber identificar os principais componentes dum sistema automático e suas principais características.

PROGRAMA

  1. Conceito de automatismos eletromecânicos.
     
  2. Simbologia utilizada em desenho esquemático (norma IEC 60617).
    a. Circuitos de potência;
    b. Circuitos de comando e sinalização.
     
  3. Detetores de presença e posição:
    a. Detetores fotoelétricos;
    b. Detetores de proximidade;
    c. Transformadores diferenciais lineares (LVDT);
    d. Encoders ópticos;
    e. Resolvers.
     
  4. Sensores de temperatura:
    a. Conceito de temperatura e unidades;
    b. Termómetros bimetálicos;
    c. Termoresistências (Pt100);
    d. Termopares, termístores (NTC e RTD)
    e. Termostatos.
     
  5. Atuadores.
    a. Princípio de funcionamento de relés e contactores;
    b. Princípio de funcionamento de variadores de velocidade
    c. Eletroválvulas.
     
  6. Autómato programável:
    a. Definição, constituição e características principais;
    b. Linguagens de programação;
    c. Sistemas numéricos (Código BCD, Hexadecimal);
    d. Círcuitos lógicos básicos (“AND”, “OR”, “NOT”,”NAND”, “NOR”, XOR”);
    e. Mapas de Karnaught;
    f. Escolha de um autómato em função do trabalho a realizar.

INTERESSA A

  • Electricistas 
  • Electromecânicos
  • Empresas instaladoras de instalações elétricas
  • Responsáveis de Manutenção
  • Técnicos de Higiene e Segurança
  • Quadros técnicos
  • Gestores de energia
  • Eletricistas técnicos responsáveis pela exploração e execução
  • Engenheiros não eletrotécnicos ligados á manutenção industrial e energia
  • Todos os interessados em aprofundar o seu conhecimento neste tema.

MÉTODOS PEDAGÓGICOS

  • Expositivo com recurso a Multimédia
  • Exercícios práticos
  • Demonstração de equipamento

Esta Formação faz parte da nossa Pós-graduação em “Manutenção de Instalações Elétricas”. Assim, se decidir frequentá-lo, juntar-se-á aos Formandos da mesma, num cruzamento de experiências que tem sido muito enriquecedor nas várias edições das nossas Pós-Graduações.

Partilhe esta informação:

PEDIR MAIS INFORMAÇÃO
2016 © Cenertec - Centro de Energia e Tecnologia
Developed by Inovlancer